20 outubro 2009

Para rir e para pensar.

"Quando nasci, fiquei tão surpreso que durante um ano e meio não falei nada". Gracie Allen (1906 - 1964)

"As vezes não é o bastante fazer as coisas maravilhosamente bem, as vezes temos que fazer o que é necessário."
Sir Winston Churchill (1874 - 1965)

20 setembro 2009

A média é mediocre...


Fatos:

- No clube da Lógica do orkut, o pessoal tem sistematicamente assassinado o português, e muitas vezes a lógica.

- Conversando com alguns alunos do preparatório para o mestrado, descobri que eles leêm em média 2 livros por ANO. PREPARATÓRIO DO MESTRADO!

- Na USP, alguns candidatos a reitor são a favor do EAD, contanto que os alunos recebam diplomas diferentes daqueles que fizeram curso presencial.


Dá-lhe Laerte.

09 setembro 2009

Empreender no Brasil: Só fora da Lei.

Segundo a folha de São Paulo de hoje 09/09/09 (OBS: meu aniversário foi hoje às 9h00 da manhã), o relatório "Doing Business - 2010", do Banco Mundial aponta que o empresário Brasileiro gasta por ano 2600 horas para pagar os impostos. Se o empresário trabalha 8 horas por dia, serão 325 dias por ano gastos em contabilização e burocracia para conseguir seguir toda a legislação exigida (somente relativa a impostos)...

Bem, fica evidente, com um ano que tem 254 dias úteis, que mesmo que o empresário dedique-se exclusivamente a cuidar das exigências do estado, que ainda assim ele estará devendo 71 dias... Quando é que esse infeliz vai trabalhar e produzir riquezas e inovação??


Assim é evidente que o empresário não tem outra opção, que fazer esses controles meio "nas coxas" e ser portanto um eterno ilegal, que fica a espera do fiscal, que encontrará irregularidades em qualquer uma das empresas brasileiras, e poderá assim exigir uma bola, para deixar tudo como está...

Um último dado da pesquisa aponta que 69% do lucro das empresas é pago em taxas ao governo.. nada mais razoável, visto como essa instituição está preocupada em aumentar a competitividade das empresas e facilitar os processos burocráticos.

Es tu brasil ó Patria amada.

Fonte:
http://www.doingbusiness.org/ExploreEconomies/?economyid=28#PayingTaxes

08 setembro 2009

Acaba de sair pela Central de Ensino um livro que vai ajudar o pessoal com a ANPEC, na parte de estatística: O material para ANPEC aborda provas antigas resolvidas e resumo da matéria.

14 agosto 2009

Deus é a minhoca do Big Mac.

Pois é, bolei esse título genial, agora não consigo pensar no Post.
Amém

28 julho 2009

Homossexualidade é doença?


Recebi email pedindo pela liberdade de expressão de Rozangela Justino (no link você pode ver algumas das bobagens que ela defende).

Particularmente sou sempre a favor da liberdade de expressão.. para mim, tudo pode ser dito.


Entretanto as pessoas devem arcar com as consequências do que dizem... Se acuso alguém de ladrão posso ser condenado por difamação (se não provar a acusação). Se digo que os negros deveriam ser exterminados, posso ser acusado de racismo... Assim, nem tudo pode ser dito, sem consequência.

Afinal, homossexualismo é doença mental? Que diferença faz?


A esquizofrenia paranóide é uma doença mental, e a sociedade diz que o doente deve ser tratado, independente de sua vontade.. dá para entender as implicações de tratar algo como doença mental?

Sobre a cura dos homossexuais, recomendo a história do matemático Alan Turing...

Esse é o homem que inventou a computação, propôs a inteligência artificial, e quebrou os códigos secretos de guerra nazista (dando vitória aos aliados). Ele deveria ser visto como um herói pelos americanos e britanicos, e como um gênio pela humanidade, pela contribuição que deu, não é mesmo?
Ele terminou se suicidando porque foi condenado pela sociedade americana corte inglesa nos anos 50 a tratamento hormonal para curá-lo do homossexualismo. Ai fica fácil entender a posição dos homossexuais e porque não querem que alguém acredite que podemos "curar homossexuais".

26 julho 2009

Roubei do Nostal..


Adorei essa! Toda a autoridade deve ser questionada?!

03 julho 2009

Cogito ergo Sum!

A tradução mal feita pegou quase todo mundo, mas Descartes nunca disse "Penso, logo existo".. Ele disse "Duvido, logo existo." Esse detalhe sutil faz toda a diferença e resume porque tem um monte de gente na acadêmia que não sabe o que é fazer ciência! Eles acham que o mestrado / doutorado é lugar para PENSAR, e não para TER DÚVIDAS!

DÁ-LHE LAERTE:


Fonte: http://verbeat.org/blogs/manualdominotauro/

25 junho 2009

Quantas igrejas tem o céu?

Neruda fez a parte difícil, fazer a pergunta certa. Faço a parte fácil agora e dou a resposta:

Se há céu eu não sei, mas certamente lá não há igrejas.

20 junho 2009

Cidade utópica...

Proibir caminhões, a solução de Kassab, não funcionou... Novamente São Paulo atinge recordes de transito...
Qual a solução do governador Serra?
Bicicletas? NÃO! Mais três pistas na marginal...
Crise nas empresas montadoras? Solução de Obama: subsídio de bilhões a GM...
Queda nas vendas de veículos e demissões nas montadoras nacionais.. solução de Lula?
Redução do IPI para produzir mais carros e vender mais carros.

O modelo fordista (um carro para cada um) fracassou, a poluição é infernal, o carbono se acumula, mas talvez por isso, ninguém enxerga!

MEU DEUS! ONDE FOI PARAR A TAL RELAÇÃO ENTRE CRISE E OPORTUNIDADE? Eis a chance de deixar sumir esses dinossauros, eis a chance de diminuir o uso do petróleo... Cidade Utópica não é novidade.. Callipolis, a cidade bela de Platão, já era uma utopia, cidade de lugar nenhum, onde o que importava era o cidadão. Brasília era utopia, mas Lucio Costa pensou nos carros e não no metrô... resultado, todos os dias no eixo monumental, transito monumental.

Utopia.. a cidade de Thommas Morus previa escravos! A cidade utópica de Platão também! Quão certo estavam? Presos a uma única solução, pensando sempre em carros, disputando a privatização do espaço pura e simplesmente comprando carros maiores que ocupam mais espaço... Escravos é o que somos... escravos!

Ao menos na Civitas Solis quem governava eram os sábios.

15 junho 2009

Educação a Distância na USP

Faz algum tempo fiz um post sobre EAD na USP. Era uma crítica ao projeto de formar 5000 em pedagogia via EAD no próximo ano. Recebi diversos posts críticos de gente que acredita que o EAD é uma forma de ensino espetacular e que eu sou um filhinho de papai idiota (tenho 36 anos, então essa definição soa meio bizarra), que não quer que a USP seja para todos, para manter meus privilégios, ou coisa pior...

Acho melhor explicar meus argumentos, assim talvez eu consiga ser melhor entendido, afinal, como o resto dos brasileiros, também espero estar num país melhor daqui a 10 anos:

1 - EAD É FERRAMENTA. EAD é como martelo, prego, faca ou carro. Pode ser bom, pode ser positivo, ou pode ser ruim... depende de como é usado.

2 - A USP não é tudo isso.. fiz USP, e posso garantir que o nome da USP existe porque os alunos que lá entram são muito bons, e esses ajudam a manter a universidade como a mais renomada. Os professores são ótimos, mas fazem questão de não dar aulas, chegar atrasados, fazer greve ano sim ano não, exigir conteúdo velho, ter uma visão conteudista do ensino, etc... ... a Biblioteca é ótima, mas se o aluno não for até lá pegar o livro, não vale nada, e hoje, com a WEB, não é necessário uma biblioteca fantástica, pois o que conta é a capacidade de relacionar informação, e não a quantidade de dados.

3 - EAD não faz mágica. Se pego um aluno com formação deficitária (e acreditem-me, eles existem em profusão), e coloco ele num curso on-line, provavelmente vou ter no final um aluno que continua com a formação deficitária, mas que perdeu mais um tempo em um curso que não saberá como aproveitar.

4- Faculdade também não faz milagre... Se pego em Harvard, e coloco um semi-analfabeto na sala de aula, o que terei no final é um semi-analfabeto com diploma.

5 - Para os nossos políticos, vai cair muito bem dizer que criaram um programa que dá diploma para todo mundo, via EAD, mas acredite-me, se a USP mandar um diploma de doutorado para todos os brasileiros, isso não vai fazer que tenhamos 200 milhões de doutores.

6 - O lado triste dessa história é que o mercado vai nivelar por baixo e concluir que todo mundo com esse tipo de diploma é ruim, mesmo que haja alguém bom, exatamente como faz com os diplomas das "Unizero". O coitado que fez esse curso vai ter jogado fora uns dois anos da vida dele...

7 - Existe sim a chance de uma ou outra pesssoa nesse sistema vencer, ser um aluno espetacular, conseguir um bom emprego, e mostrar ao mundo que é um grande profissional. Essa chance também existe para quem cursa "Unizero" e é o lado bom dessa história toda, mas para mim, o engodo à população carente que agora acha que vai ter ensino de qualidade é pior do que os poucos casos em que isso vai ser positivo.

É apenas isso... Quer melhorar o Brasil... ensino básico de qualidade... o resto é firula.

Abs,

11 junho 2009

O princípio da incerteza.

Heisenberg estava dirigindo quando um policial ordena que pare e pergunta:
-o senhor sabe a que velocidade estava?
-Não, mas posso lhe dizer onde estava.

Mais uma piada de Nerd´s

Há seis carbonos de mãos dadas com 6 hidrogênios na igreja. O que eles estão fazendo?

- BENZENO!!!

09 junho 2009

O Itau pode ser feito para mim...


mas minha biclicleta tenho que prender no poste, pois não há espaço para ela nas agências.

07 junho 2009

Prova ANPAD Junho de 2009 gabarito

Gabarito Preeliminar
Raciocínio Logico
1 - B
2 - C
3 - D
4 - B
5 - A
6 - C
7 - E
8 - B
9 - D
10 - C
11 - B
12 - D
13 - E
14 - A
15 - A
16 - C
17 - E
18 - A
19 - C
20 - E


Raciocínio Quantitativo
1 - D
2 - C
3 - B
4 - B
5 - B
6 - C
7 - E
8 - C
9 - D
10 - D
11 - E
12 - C
13 - A
14 - B
15 - B
16 - E
17 - A
18 - A
19 - A
20 - E


Português
1 - B
2 - E
3 - C
4 - A
5 - B
6 - C
7 - D
8 - C
9 - B
10 - D
11 - E
12 - E
13 - A
14 - C
15 - A
16 - D
17 - A
18 - D
19 - E
20 - A

Questão - Inglês
1 - E 2 - D 3 - B 4 - D 5 - B 6 - E 7 - C 8 - D 9 - E 10 - A 11 - D 12 - A 13 - C
14 - E 15 - B 16 - C 17 - C 18 - D 19 - C 20 - A


Questão - Raciocínio Analítico
1 - D
2 - A
3 - A
4 - C
5 - A
6 - D
7 - B
8 - E
9 - B
10 - E
11 - D
12 - A
13 - A
14 - C
15 - B
16 - C
17 - C
18 - E
19 - B
20 - E

28 maio 2009

Sexologistas...

Recebi um convite para visitar o blog do João L. A. Borzino, que foi meu colega ainda no primário. O homem virou sexologista, e faz comentários sobre as mazelas dessa vida... divertidíssimo.... recomendo: http://blogdosexologista.blogspot.com/
O post no link, que discorre sobre tamanho do pênis, me fez ressucistar a matéria sobre estatística a seguir... mas o que realmente me intrigou no blog dele foi o uso da expressão "empurrar com a barriga"... afinal, se seu significado é "protelar".. o que tem haver com a imagem que provoca? É tão diferente empurrar com a barriga do que com as costas, ou com o mindinho, por exemplo? Qual será a origem dessa expressão? Ou teremos outro mistério insolúvel?

Na mesma linha de mistérios insolúveis permanece:
Por que usamos a expressão: "De ponta cabeça". E ainda, o ganhador... "como se joga caxanga?"

Abs.



Reeditando matéria antiga...

Escrevi isso faz tempo, mas descobri que o blogger enterrou isso no passado e um velho colega , João Luiz, me fez rever essa matéria e ressuscitá-la...

Dizia o professor : "A estatística é a arte de torturar os números, até que eles confessem".

Pois a imprensa tende a torturar os leitores e não os números. A tortura é tamanha, e tem se repetido tão longamente, que resolvi desmarcarar...

Caso 1
A primeira vez que vi um artigo com um absurdo estatístico, a matéria dizia que pesquisadores noruegueses entrevistando homens e mulheres, concluíram que os homens em média tinham 18 parceiras sexuais ao longo da vida enquanto as mulheres em média tinham 5 parceiros. Por mais que eu acredite que a pesquisa foi bem feita, ela revelava uma coisa risível.PENSE: Como a população de homens e mulheres é muito próxima 51% mulheres e 49% de homens, os números deveriam ser próximos, cada vez que um homem troca de parceira, uma mulher troca de parceiro.... colocando de outra forma, COM QUEM OS HOMENS ESTAVAM TRANSANDO? A resposta é simples... a pesquisa revela apenas que ou os homens mentem para cima, ou as mulheres mentem para baixo (ou ambos).Depois vi um documentário sobre o assunto em que submetiam a moça que respondeu "seis parceiros" a um teste do polígrafo e ela assumiu que havia mentido na pesquisa.Ok, podemos aceitar que existam os homossexuais, mas eles não são em tão grande número para fazer a diferença, não é mesmo?Onde vi essa pérola? - Revista Veja.

Caso 2
A revista da Veja São Paulo fez matéria sobre os fumantes, e traz a seguinte sentença sobre a Itália "Apesar de 22% da população ser de fumantes, oito em cada dez italianos aprovam a lei."Prof. Pasquale me salve: Por que o repórter usou o termo:"Apesar"?!!?Se 22% fumam, 78% não fumam. Podemos arredondar esses 78% para 80% e dai sabemos que 8 em cada 10 não fumam. Será que esses que não fumam são os favoráveis a lei que restringe o fumo?

Caso 3
A mesma revista Veja, nos presenteia com uma matéria sobre o tamanho do pênis em 13/06/2007.
"Estudo realizado por dois urologistas ingleses mostra que 45% dos homens estão insatisfeitos com o tamanho de seu pênis. No entanto, a maior parte dos homens que avaliam ter pênis pequeno, na verdade, tem um órgão de tamanho absolutamente normal. Medições feitas em mais de 11.500 homens mostram que a maioria dos homens possui pênis com comprimento entre 14 e 16 centímetros e circunferência entre 12 e 13 centímetros – em ambos os casos, em estado ereto. Segundo o consenso entre os médicos, para ser considerado pequeno, um pênis precisa medir menos de 7 centímetros, quando ereto."
OK, se o cara tem um "pequeno príncipe" de 7 cm, melhor se matar. MAS, só para esclarecer aos repórteres. OS HOMENS NÃO SÃO LOUCOS. Ninguém gosta de ter o pênis menor que a média. Vamos dizer que 10% dos homens estão na média (e a média é 15 cm e não "entre 14 e 16", se alguém acha que esses 2 cm não fazem diferença, um estudo mostra que os homens mentem em média 2 cm a mais na altura em sites de relacionamentos (almas gêmeas, par perfeito e similares)). Bem se chutei que 10% estão bem próximos aos 15 cm (vamos aceitar uns 2mm de erro). Teremos 90% dos homens fora deste valor. Metade acima, satisfeita com o tamanho. Metade abaixo, insatisfeita com o tamanho.Com um último detalhe... na verdade os homens são uns otimistas, afinal você se satisfaria se alguém o descrevesse como: "Uma pessoa de inteligência mediana, feiúra normal, desempenho sexual nada fora do comum, e de resto medíocre"?! - Acredite estar na média é triste.Abs.Carlos

OBS: E antes que alguém comente, não faço medidas do "João Grandão" desde os 12 anos, isso é uma preocupação de gente mediana.

20 maio 2009

Inflação e o Salário Mínimo.



Resolvi verificar a relação entre poder de compra, preço do big mac e salário, construi algumas tabelas (acima). Conclui que, em 2009, ao menos para o Padrão Big Mac, o poder de compra do trabalhador está hoje igual ao ano 2001. Ou seja, um mínimo compra aproximadamente 60 Big Mac´s.

Os dados vieram do Bic Mac Index da revista The Economist

11 maio 2009

Bicicletas...


Por favor, vamos todos andar de biclicleta e acabar com os carros.. não aguento mais o transito! Materia da folha de ontem fala em + 500.000 carros por ano em SP... isso é uma insanidade... A foto acima apresenta a área ocupada por 500 carros, aproximadamente 11.000 m². Bem, 1000 vezes isso são 11.000.000 m² ou 8 vezes a área do parque ibirapuera... não tem onde por todos esses carros...


04 março 2009

Calor..

Socorro, não sei se é o aquecimento global, mas eu tô cozinhando e torcendo por um vento igual aqueles de comercial de perfume...

16 janeiro 2009

Quem compra os apartamentos?

Só vejo lançamentos de imóveis caros e grandes. Imóveis de mais de 600 mil reais, imóveis de mais de 1.000.000,oo de reias. Segundo a Embraesp, o setor está superofertado em unidades de 4 dormitórios, mas é para esse segmento que correm as pessoas que querem tirar o capital da bolsa.

Foram lançados, só em 2005, 6.700 unidades de quatro dormitórios!? Esse número só aumentou em 2006, 2007 e 2008. Isso significa que mais de 25.000 unidades de quatro dormitórios com menos de 4 anos estão disponíveis no mercado. Ora, quantas famílias podem comprar esse tipo de apartamento? Quantas destas famílias precisam de apartamentos de quatro dormitórios? (há somente 120.000 brasileiros com mais de 1.000.000,oo livres na conta).

Não vai demorar muito e vamos ver uma queda brutal no preço desses imóveis. É inevitável, não há mais famílias que precisem de 4 quartos. Quem compra esse tipo de apartamento está investindo, e não comprando para morar, mas essa é a base de todas as bolhas e pirâmides. Se ninguém consome o produto no final, e todos compram apenas como investimento, uma hora vai ficar claro que esse não é um ativo com valor real. É uma bolha imobiliária facilmente perceptível, mas ninguém comenta?! Não acredita? Verifique daqui a uns seis anos.