19 junho 2015

REFORMA POLÍTICA DE VERDADE

A palavra "dizimar", tem a mesma origem da palavra "dízimo", e resume a prática romana de matar um em cada 10 soldados, caso haja suspeita de covardia do destacamento no enfrentamento do inimigo. Essencialmente a prática romana buscava diminuir o "risco de agência", em que uma parte dos soldados prefere agir em benefício próprio, e não em prol do povo romano (que os sustentava).
Para mim, é absolutamente evidente que tanto nosso congresso, quanto outras esferas da coisa pública andam precisando de alguma prática com mecanismo similar.

Não sei como seria o mecanismo, mas a única reforma política de verdade é aquela em que o homem público enfrentará algum problema real se agir de forma a beneficiar-se ao custo da sociedade.  

O resto (tanto a versão defendida pelo PT, quanto a do Cunha ou a do PSDB), são fumaça, em que tudo muda, para que nada mude.  

Nenhum comentário:

ISOLAMENTO